domingo, 21 de Outubro de 2007

Chegada de Cristóvão Colombo à América

"Em setenta e um dias, cheguei às Índias e encontrei numerosas ilhas de que tomei posse em nome de suas Altezas, sem deparar com qualquer oposição (...). Os habitantes de todas estas ilhas mostram-se de uma simplicidade e de uma generosidade tais que custa a acreditar. nunca recusam nada que se lhes peça e ficam contentes, com tudo o que se lhes oferece. Presenteei-os com mil insignificâncias vistosas para que gostassem de nós; ficarão deste modo inclinados a tornarem-se cristãos e dar-nos-ão de boa vontade o que possuem em abundância (...). Na ilha Hispaniola (1) existe bastante ouro, (...) especiarias e algodão (...) e igualmente se poderão apanhar escravos.

Cristóvão Colombo, Carta aos Reis de Espanha. 4 de Março de 1493
Depois de D. João II ter recusado o seu projecto de chegar à Índia por Ocidente, Colombo foi apoiado pelos reis de Espanha. A 12 de Outubro de 1492 atingiu a ilha de S. Salvador (nas Bahamas, Antilhas), pensando ter chegado ao Extremo Oriente.

Sem comentários: